A cada ano que passa a Tailândia vem se transformando em um dos principais destinos turísticos da Ásia. Claro que as praias paradisíaca do país tem grande responsabilidade nisso, mas com o alto número de turistas outras atrações do países ganham importância, é o caso dos passeios com os elefantes na Tailândia.

Infelizmente a grande maioria desses elefantes sofre ou já sofreu maus-tratos em algum momento, por isso, decidi escrever esse artigo com a intenção de ajudar você a escolher a reserva que irá te proporcionar essa experiência linda sem abusar desses pobres animais.

Leia também:
Qual o melhor chip de internet na Tailândia
Quanto custa e como chegar nos Templos de Angkor no Camboja

A “quebra de espírito” dos elefantes na Tailândia

Quando fui para a Tailândia, conhecer elefantes era uma das minhas prioridades, principalmente porque elefantes são meus animais preferidos. Pesquisei muito e cheguei ao Elephant Jungle Sanctuary, o lugar que me proporcionou essa experiência.

No Elephant Jungle Sanctuary, antes do contato com os animais há uma longa introdução sobre a importância da preservação desses animais assim como as instruções necessárias para interagir com os elefantes.

Nesse processo a guia contou sobre o processo de “Quebra de Espírito”, que nada mais é do que o processo utilizado por exploradores para fazer com que o elefante os respeite e façam suas vontades. E não importa se é um elefante bebê ou adulto, todos passam pelo mesmo processo.

elefantes na tailândia

Um elefante adulto no processo de quebra-de-espírito. (foto: Reprodução)

Durante a “Quebra de Espírito” o elefante fica preso em uma jaula extremamente pequena, pequena ao ponto de não o permitir deitar, andar ou se virar. Durante esse confinamento os homens agridem os elefantes da mais diversas formas, fazendo barulho, agredindo fisicamente e os deixando passar fome.

Os elefantes resistem bravamente até que percebem que não adianta lutar, então, cedem aos caprichos humanos para terem uma vida sem dor, sem fome, mas sem liberdade.

Evitando reservas que exploram os elefantes

Quando acessamos os sites e perfis nas redes sociais das empresas que oferecem esses passeios com os elefantes, fica extremamente difícil identificar quais que realmente se preocupam com os elefantes.

Uma maneira interessante de evitar algumas reservas é verificando se eles oferecem algum dos atrativos abaixo:

Elefantes equilibristas

elefante na tailândia

Dois problemas em um: equilíbrio na bola e carregando uma pessoa (foto: Reprodução)

Eles tem um ótimo centro de gravidade? Tem noção perfeita do seu tamanho, peso e do ambiente que os cercam? Pode até ser, mas eles não precisam se colocar em situação de risco pra provar isso para ninguém. Muitos dos elefantes que são expostos a esse tipo de situação que caem durante o processo e se machucam, na maioria das vezes são sacrificados.

Elefantes pintores

Elefantes não sabem pintar. Apesar de muitos dizerem que é uma habilidade nata, os elefantes desenvolveram essa “habilidade” como resposta aos maus tratos sofridos anteriormente, uma maneira inteligente de preservar a própria vida.

Passeio montado em um elefante

elefantes na tailândia

Com tantos tipos de meios de transporte precisa mesmo usar elefantes? (foto: Reprodução)

É claro que na antiguidade o homem usava os animais como meio de transporte e até mesmo como máquinas de guerra, isso de certa forma ajudou a raça a humana a se desenvolver, entretanto, faz tempo que esse tipo de prática deixou de ser necessária. Carregar muitas vezes até 3 pessoas ao mesmo tempo é extremamente prejudicial ao elefante, por isso, se você se preocupa com saúde desses animais, recuse esse tipo de passeio.

Escolhendo uma reserva que preserva os elefantes

Como eu disse a pouco, ter 100% de certeza que a reserva que você escolheu é realmente preocupada com o bem estar nos elefantes é praticamente impossível, porém, há como minimizar esse risco, basta seguir essas dicas.

Encontre seu hotel em Chiang Mai, cidade ideal para conhecer as reservas de elefantes na Tailândia.

Pesquise com antecedência

Deixar pra reservar o passeio na hora é correr um enorme risco de ser engando. Por isso, comece suas pesquisas antes da viagem, assim você terá mais tempo e condições de encontrar informações sobre aquela reserva.

Procure depoimentos reais

Se informe com pessoas que já fizeram algum passeio com elefantes na Tailândia. Leia artigos de blog de viagem sobre as reservas, como o texto que escrevemos sobre o Elephant Jungle Sanctuary, participe de grupos do facebook e não tenha vergonha de mandar uma mensagem privada para alguém que foi até o lugar que você está pesquisando. Essas são algumas ótimas maneiras de descobrir mais sobre uma reserva.

Analise os passeios oferecidos

Elephant Jungle Sanctuary - Andando na montanha com elefantes

Andar com eles livres pela floresta da montanha foi o momento mais especial (foto: naPlaca)

Alimentar, entrar numa poça de lama e depois se limpar num riacho, andar no meio da floresta com os elefantes livres são atividades que aparentemente não oferecem riscos aos elefantes.

Entre em contato por e-mail

Envie um e-mail para a reserva em questão perguntando como eles conseguiram os elefantes. Segundo a guia do Elephant Jungle Sanctuary, muitos dos elefantes da reserva foram resgatados e outros foram comprados de pessoas que os exploravam para tentar dar a oportunidade de uma vida melhor para os elefante.

Publicidade
Seguro viagem geral 468x60

 

Essas são alguns dos critérios que eu usei e que me fizeram chegar ao Elephant Jungle Sanctuary. Se você ainda não leu o artigo que escrevi sobre o passeio, clique aqui e leia agora mesmo.

Eu espero que esse post tenha ajudado você a entender um pouco melhor o situação dos elefantes na Tailândia. Espero que você curta ao máximo sua viagem a Tailândia e tenha uma experiência inesquecível e sustentável.

Um grande abraço e boa viagem.

Voltar para lista

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.