Em uma cidade que é capital de um país que tem o budismo como religião de praticamente todos seus habitantes, não é difícil deduzir que a cidade deve ser o lar de vários templos e construções importantíssimas para a população, e se dúvida, o Grand Palace é a principal delas.

Nesse post vou contar os detalhes de uma das atrações mais visitadas de Bangkok. Como fazer para chegar até o local, como se vestir para visita-lo, como evitar golpistas e muito mais. Então, continue lendo e se tiver qualquer dúvida, basta deixar um comentário lá no final.

Leia também:
O que fazer em Bangkok: 16 dicas imperdíveis
Onde se hospedar em Bangkok

O Grand Palace

O local é um complexo de edifícios que já foi moradia da família real e hoje é aberto ao público para visitação, mas ainda é utilizado para celebrações de cerimonias oficiais e religiosas em Bangkok.

Quando disse que o Grand Palace é famoso não estava brincando, o local é cheio de gente, independente da hora do dia que vá, mas ainda assim da pra aproveitar muito e apreciar o lugar. Mas antes, você precisa conhecer algumas regrinhas básicas para visitar o local.

Como se vestir para visitar o Grand Palace

Grand palace

Quadro que fica na entrada do Grand Palace.

Antes de mais nada é preciso saber que existem algumas regras que devem ser respeitadas quando se visita um templo budista na Tailândia (e provavelmente em outros países também).

Na maioria dos templos um pano cobrindo os ombros e saia longa para as mulheres resolve, homens com bermuda conseguem entrar sem maiores problemas, mas o Grand Palace é um pouco mais chato com relação a isso. Lá eles exigem que as mulheres usem uma camiseta ou vestido com mangas e sem decote, e para os homens é obrigatório o uso de calça (que não pode ser muito justa). Você não precisa gastar com isso caso não tenha levado nada na mala, lá eles oferecem um “aluguel” de roupas para entrar no complexo.

Encontre sua hospedagem em Bangkok próxima ao Grand Palace

É cobrado um valor de deposito de 50 bath por peça, que são devolvidos quando você entrega a roupa de volta, porém se você quer ficar bonito na foto, é melhor levar suas próprias roupas pois a que eles oferecem não são nada bonitas, nem do tamanho certo e tem um processo de higienização questionável.

Dependências do Grand Palace e o Templo Esmeralda

Devidamente vestido e com os tickets em mãos, vamos entrar. O local é gigante, tão gigante que você fica perdido. Não existe um caminho exato para ser percorrido e a sensação é de que você vai ficar lá um dia todo e não vai ter visto tudo.

Grand palace

Construções e mais construções tornam o Grand Palace um lugar cheio de paisagens.

É bom separar umas 3 horas para explorar o local com calma para admirar cada detalhes do lugar, desde suas estátuas e templos até as pinturas nas paredes.

Cedo ou tarde, durante sua caminhada pelo Grand Palace você irá encontrar o mais famoso templo da Tailândia, que inclusive, é o responsável por levar muita gente para o complexo: O Templo do Buda de Esmeralda, ou Wat Phra Kaew

Grand palace

Detalhe das paredes externas do Templo do Buda Esmeralda (Wat Phra Kaew)

Não é permitido entrar calçado, todos devem tirar seus sapatos e deixa-los do lado de fora do templo. Eu fiquei meio desconfortável com isso porque não há muita organização nesse processo, você coloca seus sapatos ali no cantinho e torce para que eles estejam lá quando você voltar.
Com os pés descalços e após contornar o templo em uma fila que andou bem rápido, finalmente entrei no Templo Esmeralda.
Lá há um buda todo esculpido em Jade (isso mesmo, Jade, esmeralda é só no nome) vestido com um traje feito de fios de ouro. Infelizmente não se pode bater fotos lá dentro, então, só indo para saber mesmo como é.

Grand palace

O capricho e os detalhes do exterior do Templo do Buda Esmeralda (Wat Phra Kaew)

O templo é muito bonito, eu não sei exatamente dizer qual o tipo de material usado na parte externa do templo, mas o brilho proporcionado pelos raios de sol em contato com o templo é algo sensacional.

Quando você termina de conhecer toda a parte aberta ao público do Grand Palace e decide ir embora, no caminho você passará em frente ao palácio real, antiga moradia do Rei da Tailândia, um suntuoso palácio com um belo jardim na frente e muitos guardas protegendo a entrada.

Grand palace

A belíssima e antiga residência da família real da Tailândia.

Como chegar no Grand Palace e no Templo Esmeralda

Se você está hospedado na Khao San Road, pode ir caminhando. Agora se está um pouco mais longe, andar no calor de Bangkok pode não ser fácil, neste caso pode pegar um Tuktuk, mas cuidado com o golpe, eles costumam falar que está fechado pra te levar pra outro lugar, tudo mentira!
Se estiver próximo ao rio, pode pegar um barco, descer no pier Tha Chang e de la ir caminhando.

Cuidado com o golpe!

Quando estiver indo para o Grand Palace, é bem provável que alguém tente te enganar a cerca da visitação do local. O fluxo de gente é muito grande, ao mesmo tempo que também é alto o número de gente desinformada que passa por lá, e aí que é feito o golpe.

O que fazer em Bangkok - TukTuk

Esse tuk-tuk disse diversas vezes que o Grand Palace estava fechado para visita.

Os tuktuk ou taxistas tendem a falar que o local está fechado! Eles dão várias desculpas, casamento, homenagens ao rei, luto do rei (quando fomos o rei tinha falecido havia pouco tempo). Acontece que já sabíamos desses truques, por isso, não nos deixamos enganar e fomos até o local para conferir com nossos próprios olhos.

Eles fazem isso para te levar para outro lugar, em outro passeio e cobram mais caro por isso, além de receber um comissionamento do lugar ou ponto turístico que te levar.

A dica é: Fale que combinou de encontrar um amigo, ou que quer andar naquela região, assim eles não terão muitos argumentos para tentar tirar você dos seus planos.

Preço e horário de funcionamento

Para entrar no templo é necessário pagar 500 Baht, um preço bem salgado se compararmos as demais atrações da cidade. O horário de funcionamento é das 08:30 até as 15:30.

Publicidade
Seguro viagem geral 468x60

 

O Grand Palace e o Templo Esmeralda é aquele tipo de atração que não da pra deixar de fora em uma viagem a Bangkok, por isso, trate de ajustar seu roteiro para encaixar esse lugar incrível e depois conta pra gente o que você achou.

Um grande abraço e uma ótima viagem pra você!

 Mais informações sobre Bangkok

 Mais informações sobre a Tailândia

Voltar para lista

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.