Ahhh o Deserto do Atacama, é difícil não sentir aquela saudade ao escrever sobre esse lugar tão incrível. Também, com tantas opções de passeios incríveis nas redondezas, não tem como esse lugar não ser inesquecível.

Nesse post vou contar um pouco de quanto custa, como você deve se preparar e como foi cada um dos passeios que eu fiz durante o tempo que fiquei no Deserto do Atacama. Então prepare-se e boa leitura… e já sabe né? Se tiver qualquer dúvida é só perguntar lá no campo de comentários no final do site 😉

Leia também:
Deserto do Atacama: Guia completo com preços, dicas e mais
Seguro viagem: Como funciona e porque fazer antes de viajar

1- Sandboard no Valle de la Muerte

Vou começar por um passeio que eu não vi em nenhum outro blog e acabei descobrindo só la na hora. Para quem gosta de esportes radicais esse é um prato cheio.

Atacama - Sandboard

Pra quem gosta de adrenalina é um prato cheio.

As dunas ficam bem pertinho de San Pedro de Atacama, no Valle de la Muerte. Eu não sei dizer extamente o tamanho das Dunas, mas é o suficiente para pra se divertir sem se arrebentar lá embaixo hehehe. Por isso o passeio também é indicado para quem não tem o costume de praticar esse tipo de esporte, já que além de seguro a pratica do Sandboard não é das mais complexas também.

O que levar: água, muita água. Leve pelo menos 1,5L de água para se hidratar e refrescar.
Quanto custa: 25.000 pesos chilenos (mas eu não tentei negociar)
Tempo de duração: 4 horas, havendo turmas na parte da manhã e da tarde.
O que eu achei: Excelente, vale a pena para quem está procurando um pouco de diversão.

2- Laguna Cejar

O passeio para a Laguna Cejar é bem famoso e está praticamente em todo pacote de passeio básico das agências de San Pedro de Atacama. O motivo da fama é que a famosa laguna possui 33% de sal o que faz o seu corpo flutuar naturalmente, é praticamente impossível afundar.

atacama- olhos do Salar

Detalhe pra lua aparecendo no fim da tarde ao mesmo tempo que o sol estava prestes a se pôr.

Porém é necessário informar que não é mais possível se banhar na Laguna Cejar, porém há uma outra laguna do lado chamada Laguna de Las Piedras onde você pode enfim ter a tal experiência de flutuar. O lugar tem uma infraestrutura legal com vestiários e duchas de água doce para tirar o sal do corpo.

Dentro desse passeio também tem uma parada nos Ojos del Salar, onde também é possivel entrar na água, mas dessa vez sem flutuar já que o índice de sal na água é inferior a 7%, e também na Laguna Tebenquiche, uma laguna imensa mas sem nada de tão extraordinário, o que valeu aqui foi a linda história/lenda que a guia contou sobre os vulcões do Atacama.

O que levar: roupa de banho, toalha e um agasalho pois no fim do passeio a temperatura cai um pouco.
Quanto custa: de 15.000 a 20.000 pesos chilenos mais taxa de 17.000 pesos para entrar no parque.
Tempo de duração: 4 horas, o passeio normalmente é realizado na parte da tarde.
O que eu achei: Desnecessário, o lugar não é muito bonito e há outros passeios mais interessantes que te proporcionam a mesma experiência de flutuação.

3- Lagunas Altiplánicas do Atacama

Sem dúvida é nesse passeio que você vai ver uma das paisagens mais bonitas do Atacama. O passeio começa com a visita às Lagunas Miscanti e Miñiques, o cenário é de cair o queixo.

atacama - lagunas altiplanicas

As Lagunas Miñiques e Miscanti são as grandes estrelas do passeio.

A altitude aqui é superior a 4200 metros, logo, é aconselhável que você comece com outros passeios pra se acostumar com a altitude. Como eu já vinha do passeio pela Bolívia onde a altitude também é alta, não sofri tanto porque já tinha me acostumado.

Além dessas lagunas o passeio também costuma incluir uma parada no Salar do Atacama em uma zona de proteção e preservação dos flamingos andinos. Um lugar bem legal com um mini-museu que fala um pouco sobre os flamingos além de um aquário onde é possível ver os bichinhos que os flamingos comem.

Atacama - reserva de flamingos

Na reserva de proteção ao Flamingos do Salar do Atacama há muita informação sobre essas aves.

Se ficou curioso pra ver esses bichinhos da uma conferida lá na foto que postei no instagram @naplacablog, é só clicar no link que você já vai direto pra foto. (Aproveita e segue lá nosso perfil ;))

Pra fechar o passeio há uma breve parada na praça central do vilarejo de Toconao.

O que levar: Roupa pra se proteger do frio, de preferência uma jaqueta corta-vento.
Quanto custa: de 25.000 a 30.000 pesos chilenos mais taxa de 5.500 pesos para entrar na reserva dos flamingos.
Tempo de duração: 6 horas, o passeio começa bem cedo e termina por volta das 14 horas.
O que eu achei: Vale muito a pena, as lagunas são incrivelmente bonitas e o passeio pela reserva dos flamingos também é legal. A parada em Toconao só completa o passeio.

4- Valle de la Luna

Talvez esse seja o passeio mais famoso do Atacama, o Valle de la Luna da aquela sensação de que você realmente está em um deserto, no meio do nada. O cenário é surreal e para quem gosta de filmes de espaço como Perdidos em Marte, parece que você está em outro planeta.

Atacama - Valle de la Luna

Da pra ter uma ideia da imensidão do Atacama não dá?

No começo há uma explicação bem completa sobre as características geográficas do lugar, clima e muito mais. O passeio explora alguns pontos do Valle de la Luna como a Gran Duna, o Mirador de Kari, etc.

O passeio fecha justamente no Mirador de Kari, onde ficamos lá para observar o pôr do sol. Porém, quando eu estive lá nosso guia nos sugeriu olhar para o lado oposto ao pôr do sol que teríamos uma bela surpresa. Abaixo você pode ver um pouco do espetáculo que contemplamos, a lua cheia nascendo “de dentro” de um dos vulcões.

atacama - valle de la luna

Não é sempre que estamos no lugar certo na hora certa não é? Esse fenômeno acontece apenas algumas vezes no ano.

O que levar: Água e um agasalho para o fim do passeio. Um calçado fechado também é importante.
Quanto custa: de 15.000 a 20.000 pesos chilenos mais taxa de 3.000 pesos para entrar no Valle.
Tempo de duração: 4 horas, o passeio começa por volta das 16 horas e termina por volta la pelas 20 horas.
O que eu achei: Muito bom, esse é aquele passeio que vai te fazer de fato se sentir no Deserto do Atacama.

5- Lagunas Escondidas

Esse passeio também proporciona belíssimas paisagens e ainda te permite ter a experiência de flutuar em uma laguna com alta concentração de sal.

Atacama - Lagunas escondidas - azul turqueza

Essa laguna é muito mais bonita que a Cejar,

São 7 lagunas no total, mas apenas em duas é possível entrar, uma bem no começo da trilha e uma no final. A primeira é mais escura e quase ninguém entra nela, a maioria dos viajantes vão até a última laguna que é bem mais bonita por ter um azul turquesa de encher os olhos.

O caminho da primeira até a última laguna não é muito longo e passa por várias lagunas tão bonitas quanto a última. O contraste de cores com o azul das lagunas, o branco dos sais minerais e o marrom escuro das rochas proporcionam uma experiência visual bem particular.

Atacama - Lagunas escondidas

A combinação de cores proporciona um espetáculo para os olhos.

O que levar: Roupa de banho e um agasalho para o fim do passeio.
Quanto custa: de 25.000 a 30.000 pesos chilenos mais taxa de 5.000 pesos para entrar na área das lagunas.
Tempo de duração: 6 horas, o passeio começa por volta das 14:30 horas e termina por volta la pelas 20:30 horas.
O que eu achei: Muito bom, além da beleza do local você ainda tem a experiência de flutuar numa belíssima laguna azul turquesa (bem melhor que o passeio da Laguna Cejar).

6- Vulcão Lascar

Bem, já quero adiantar que essa foi a experiência mais marcante de toda a viagem pra mim, superar os limites e chegar ao topo de um vulcão ativo a mais de 5480 metros de altitude é algo incrível.

Deserto do Atacama - Vulcão Lascar

Viajar para o Atacama é, além de admirar paisagens lindas, também superar seus limites.

Mas vamos lá, esse é um dos passeios mais caros do Atacama e não é aconselhável se você tem alguma problema respiratório ou de coração.

O passeio começa bem cedo e costuma chegar na base do vulcão antes do sol nascer, onde justamente é a primeira parada. Em seguida seguimos mas um pouco de carro vulcão a cima, até o ponto onde o carro não sobe mais e a caminhada rumo a cratera começa.

Atacama - Vulcão lascar

impossível não se emocionar lá no topo.

A caminhada é puxada e é impossível não sentir os efeitos da altitude, parece que você não vai chegar nunca, mas quando chega vale o esforço. A paisagem nem é das mais lindas, mas a sensação de vitória é emocionante.

Dica: nosso guia disse que mascar as folhas de coca não funcionam para quem já não as masca regularmente, então, se você nunca mascou folha de coca, nem adianta mascar quando estiver subindo, você vai ficar mal do estômago e não vai resolver nada o problema da altitude, palavras do nosso guia.

O que levar: Jaqueta corta-vento, calçado resistente, uns 2 litros de água (que você vai consumir a maioria antes da subida), touca, luvas e óculos de sol.
Quanto custa: de 80.000 a 150.000 pesos chilenos. Algumas agências oferecem alguns equipamentos, algo a se considerar para ver se o preço vale a pena ou não.
Tempo de duração: 11 horas, o passeio começa por volta das 05:00 horas e termina por volta la pelas 16:00 horas.
O que eu achei: Inesquecível, é algo que estava na minha listinha de “100 coisas pra fazer antes de morrer”. Uma experiência difícil de descrever.

7 – Geisers del Tatio

Quem me acompanhou no stories durante a viagem viu que esse foi o lugar que eu senti mais frio (ta nos highlights do Instagram também), mas valeu muito a pena.

Atacama - Geisers del Tatio

Você consegue comparar o tamanho das pessoas perto da fumaça?

O parque dos Geisers del Tatio é o 3º maior parque geotérmico do mundo, perdendo só pros Estados Unidos e Rússia. O cenário, assim como praticamente todo o Atacama, é surreal. São colunas de fumaças com mais de 10 metros de altura formadas pela água fervendo que está embaixo da terra.

O passeio inclui também um banho em piscinas termais no meio dos geisers, uma parada no Rio Putana e um passeio rápido pelo Pueblo Machuca.

O que levar: Jaqueta corta-vento, luvas, touca, óculo de sol e roupa de banho (para as piscinas termais)
Quanto custa: de 20.000 a 25.000 pesos chilenos mais taxa de 10.000 pesos para entrar no parque dos geisers.
Tempo de duração: 8 horas, o passeio começa por volta das 04:30 horas e termina por volta la pelas 12:00 horas.
O que eu achei: Muito bom, é o tipo de coisa que existe em pouquíssimos lugares no mundo e que proporciona uma experiência única.

8- Passeio Astronômico

Não sei se você já sabe mas o céu do Deserto do Atacama é considerado um dos mais estrelados do mundo. Por isso, a maioria das agências de turismo possuem o tal “passeio astronômico”.

Atacama - Tour Astronômico

Um pouco do que eu consegui capturar do céu do Atacama com a minha câmera.

Porém, é preciso pesquisar bastante para encontrar exatamente o que você está procurando. Tem agências que simplesmente te levam pra ver as estrelas, falam de forma superficial sobre astronomia e tiram algumas fotos. Já outras agências como a SpaceObs, te dão uma aula de astronomia e contam com uma série de telescópios para que você possa ver em detalhes algumas partes do céu. Entretanto, essa empresa não oferece fotografias profissionais. Foi com eles que eu fiz o passeio.

Atacama - telescópios da SpaceObs

Eles possuem o maior telescópio particular da América Latina.

Há um outro passeio que precisa ser mencionado aqui, é a visita a maior rede de telescópios do mundo, o Observatório ALMA. Porém esse passeio não se encontra disponível em agências de viagem, a reserva deve ser feita com muita antecedência diretamente com a direção do observatório através do site oficial.

O que levar: Jaqueta corta-vento, luvas, touca. Se tem uma câmera boa, levar um tripé para fazer fotos de longa exposição também é importante.
Quanto custa: de 20.000 a 25.000 pesos chilenos.
Tempo de duração: 3 horas, como você deve imaginar o passeio é noturno. Os horários variam de agência pra agência.
O que eu achei: Incrível, mesmo que você não entenda muito de fotografia e não consiga registrar o que o seus olhos estão vendo, a lembrança daquele céu estrelado vai ficar pra sempre na sua memória.

Quanto eu gastei nos passeios do Deserto do Atacama

Eu optei por fechar todos os passeios na recepção do meu hostel, o Casa EcoExplor, que acabou fazendo bons descontos no pacote todo, ficando todos os 8 passeios por 215.000 pesos chilenos mais 35.500 pesos chilenos das taxas cobradas em alguns passeios, totalizando 250.500 pesos chilenos, que na conversão da época ficou aproximadamente por R$1540,00.

Publicidade
Seguro viagem geral 468x60

 

Esse foram os 8 passeios que eu fiz quando fui ao Deserto do Atacama no Chile. Claro que existem vários outros passeios interessantes para fazer como as Termas de Puritama, Montanhas Arco-Íris, Piedras Rojas e muito mais, mas penso que estes só valem a pena caso você tenha tempo de sobra em São Pedro do Atacama.

É importante ressaltar também que apesar de eu ter comentado aqui o que levar em cada um dos passeios, água, óculos de sol, uma jaqueta corta vento e um calçado fechado e resistente são fundamentais em qualquer um dos passeios.

Abaixo estão alguns links para ajudar você no planejamento sa sua viagem. São todas empresas parcerias do blog e reservando através desses links você ajuda o blog a continuar vivo. E pode ficar tranquilo, você não vai pagar nada a mais por isso, eu garanto.

Se esse artigo te ajudou de alguma forma, você pode retribuir utilizando nossos links de serviços de viagem, você não paga nada a mais por isso e ainda nos ajuda a continuar trazendo dicas e informações para você 🙂

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *